Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
A SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

A SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO

A SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO

A Páscoa, propriamente dita – o Domingo de Páscoa – é precedida da “quaresma”, um tempo, segundo a Igreja Católica, de preparação com jejuns, abstinências e orações.

E, neste contexto, um dos dias mais importantes é justamente o dia em que houve a crucificação de Jesus.
Na visão poética da canção abaixo:

SETE PALAVRAS
(Pedro Bento e Zé da Estrada)


Pra salvar a humanidade, / o Nosso Senhor nasceu.
Trinta e três anos de idade, / neste mundo ele viveu.
Deus de infinita bondade, / do mundo compadeceu,
ele deu a própria vida / pra juntar a ovelha perdida
que do rebanho se perdeu.
Na hora da santa ceia, / beijou os pés dos discípulos seus,
em seguida ele falou: / vocês façam como eu.
Vou pra casa de meu pai / de onde a gente desceu,
um de vós vai me trair, / até Pedro vai mentir
que nunca me conheceu.
Levantou os olhos pro céu, / pegou o pão e benzeu:
esse pão é o meu corpo, / cada discípulo comeu.
Esse vinho é o meu sangue, / cada discípulo bebeu,
Judas atirou no chão, / aquele pedaço de pão,
saiu da mesa e correu.
30 moedas de prata / foi o quanto recebeu.
No horto das oliveiras / levou soldado e prendeu.
Jesus preso e amarrado, / calado permaneceu,
depois de tanto maltrato / já gritaram a Pilatos
crucifique o Galileu.
Na hora de sua morte / a terra empalideceu.
Trovejou de sul a norte, / Judéia toda tremeu.
O véu do Templo rasgou, / Pilatos se arrependeu,
um sorria outro chorava, / Jesus disse essas palavras
e na cruz ele morreu:
Pai, perdoa-os, eles não sabem o que fazem;
Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito.
Está tudo consumado, / está tudo consumado!


Ela, a Páscoa, além das festas, sempre foi acompanhada de rituais, procissões, vigílias, celebrações e representa, em um sentido maior, a “passagem da morte para a vida”, conforme prega o cristianismo.

Conforme nos conta a história, antes mesmo do Cristianismo, a entrada da primavera era comemorada com muita festa e troca de ovos (... de galinha!). Daí, os ovos de Páscoa!

Evento muito celebrado aqui no Rio Grande do Sul... a nossa terra!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para A SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época