Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
Canela e Nova Araçá
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Canela e Nova Araçá

Canela e Nova Araçá

A troca da bandeira laranja para a vermelha na região de Caxias do Sul, reacendeu o questionamento sobre o fato de Canela estar vinculada a cidades com altos índices de casos de Covid-19, como é o caso de Bento Gonçalves (753), Garibaldi (437), Caxias do Sul (305), Nova Araçá (213) e Carlos Barbosa (211). Quando o critério é número de casos por 100 mil habitantes, Nova Araçá tem 4.475, Garibaldi tem 1.246 e Carlos Barbosa chega a 707.
A título de comparação, Canela, com seus 22 casos registrados pela Secretaria Estadual de Saúde tem um índice de 49 casos por 100 mil habitantes. Ou seja, a distância em relação aos municípios citados no primeiro parágrafo, e que estão entre os 15 com maior número de casos, é abissal.

Fedoca

Sobre a reclassificação da Região da Serra (o que inclui Gramado), de bandeira laranja para bandeira vermelha, dentro do modelo de distanciamento controlado do Governo do Estado, o prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) lamentou a decisão da Secretaria Estadual da Saúde. Ele entende que o município não pode ser penalizado por uma situação regional, para a qual não tem contribuído.
“Lamentamos e não consideramos justa esta classificação já que Gramado não contribuiu para isso. Pelo contrário, estamos tomando todas as medidas necessárias para o controle da pandemia. Infelizmente a flexibilização do funcionamento das atividades econômicas que estamos adotando foi revogada pela nova norma do Estado”, afirmou Fedoca.

Fronteiras

A inclusão de Gramado e Canela em uma região tão ampla para o controle da Covid-19 no Estado não faz sentido.
Bem pertinho de Gramado, a 27 quilômetros, Três Coroas não registra caso positivo da Covid-19, enquanto Igrejinha, a 35 quilômetros possui média de 19 casos por 100 mil habitantes. As duas cidades do Vale do Paranhana estão com a bandeira amarela, de acordo com o Governo do Estado. Já Canela está ao lado de São Francisco de Paula, que possui média de 9 casos por 100 mil habitantes, e também está na bandeira amarela, apesar de uma ampla fronteira com Caxias do Sul. Como diz o povo nas ruas: “vai saber...”.

Autonomia

O vice-prefeito de Canela, Gilberto Cezar (PSDB), afirmou, segunda-feira (15), que a disseminação da doença é imprevisível, mas que se as cidades ficarem 15 dias na bandeira vermelha, a economia será profundamente atingida, gerando até falências de empresas. Cezar sugere que os municípios da Amserra tenham uma micro região autônoma para tratar da Covid-19.

Sem festa

Pela primeira vez em 103 anos, a Festa de São Pedro, padroeiro de Gramado, deixará de ser realizada. “A parte religiosa vamos tentar fazer caprichadamente, mas a programação social vamos pular”, avisou o pároco Celestino Fritzen, durante a missa das 10h30min, domingo (14), na Igreja Matriz.

Máscaras (1)

O feriadão mostra que os visitantes estavam saudosos de Gramado. Movimentação como nos velhos tempos, filas em restaurantes no Dia dos Namorados, mulheres lindas e sem máscaras. Este último e importante detalhe foi anotado por vários leitores da coluna e pelo próprio colunista entre a quarta (10) e o sábado (13).
É inacreditável e inaceitável que tenhamos visitantes andando pelas ruas sem máscaras, em um momento em que os números da pandemia de Covid-19 mostram tendência de crescimento. Não é hora de vaidades. É hora de cumprir protocolos. Além das mulheres lindas querendo mostrar seus rostos depois de tanto tempo de quarentena, um bando de marmanjos com a máscara no queixo.
“Acho que a Prefeitura está deixando a desejar e muito em relação a fiscalização do uso de máscaras”, alerta uma leitora. “Já passei várias mensagens para o setor de denúncias da própria Prefeitura e nada de resposta”, reclama ela.

Máscaras (2)

Neste sentido, Canela estava mais cuidadosa no feriadão, com personagens de espetáculos incentivando os visitantes a usarem máscaras.

Rebelião

O anúncio da mudança da bandeira laranja para a vermelha causou indignação e mobilização de lideranças empresariais, políticas e comunitárias de Gramado. No fim da manhã de domingo (14), um grupo se concentrou em frente ao Palácio das Hortênsias, em Canela.
Em uma rede social, o vice-prefeito Evandro Moschem (MDB), disse que falou por telefone com o Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Lorenzoni (Dem), que encaminhou “um pedido de reclassificação de Gramado quanto ao sistema de bandeiras adotado”. Segundo Evandro, Lorenzoni encaminhou o pleito para o Gabinete de Crise Estadual.

PIZZARIA TEMÁTICA ABRE NA CAPITAL

Canela e Nova Araçá

Sucesso em Gramado desde maio de 2018, a pizzaria temática gramadense Porto Cara de Mau prepara o desembarque em Porto Alegre. O local escolhido foi o Boulevard Laçador - pertencente à família Zaffari, em área lindeira ao aeroporto Salgado Filho, na zona Norte da Capital. O novo empreendimento - no sistema de rodízio de pizzas preparadas em forno à lenha, ocupará uma área de cerca de 1,1 mil metros quadrados, semelhante ao espaço da rua João Corrêa em Gramado. A previsão de abertura é até o final do ano, dependendo da situação imposta pela pandemia de Covid-19.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Canela e Nova Araçá

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época