Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
CAUSOS E LENDAS SERRANAS
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

CAUSOS E LENDAS SERRANAS

CAUSOS E LENDAS SERRANAS

(tal como ouvi...)


Assim como os Mitos, os Causos e Lendas povoam a imaginação popular de há muito. E não poderia ser diferente. Eles sempre estão acompanhados pela curiosidade, pelo suspense, pelo medo. Podem ser fatos de terras distantes ou... estar bem perto!

No livro Raízes de Bom Jesus e São José dos Ausentes, no capítulo “Causos e Lendas em São José dos Ausentes”, encontramos estes dois abaixo, contados por Dalvone Borges Velho.

Surrão escondido

“O surrão era um couro de vaca, seco inteiro, costurado nas garras em forma de bolsa. O proprietário da Fazenda dos Ausentes, Joaquim Inácio Velho (Quinca), no século XIX, supostamente colocou no surrão moedas de ouro e prata, joias e armas. Isso, por ocasião das revoluções, com medo de que alguém saqueasse a fazenda.
Na madrugada, convidou um escravo, pegou uma carreta onde colocou o surrão e foram em direção ao fundo da Fazenda, para o lado Oeste.
Outro escravo (Negro Téco) que estava dormindo, acordou com o movimento, seguiu atrás deles, escondido e notou que a roda da carreta afundava no chão devido ao peso.
Foi até uns três capões de mato e, temendo ser viso e morto, ele voltou.
Ficou no aguardo do retorno deles que somente aconteceu no final da tarde. Porém sem o surrão e o escravo.
Negro Téco deduziu que o escravo cavou o buraco para enterrar o surrão. E para manter o segredo, foi morto e sepultado em cima do surrão.
Quando alguém encontrasse o local e fosse cavar, acharia somente o cadáver do escravo enterrado no local. E não encontraria o surrão”.
O Capão do Queijo
“Na Fazenda dos Ausentes, onde os escravos ajudavam na lida campeira, havia um escravo que gostava muito de comer queijo. Ele ajudava a tirar o leite das vacas e também na confecção dos queijos.
Porém, os proprietários não lhe davam o queijo para comer. Assim ele começou a roubar e esconder os queijos. Desconfiavam ser ele o ladrão, pois sumiam queijos de vez em quando. E resolveram segui-lo.
Encontraram o seu esconderijo e lá estava ele, comendo queijo. Era no oco de uma árvore (caneleira) num capão de mato, atrás da casa.”.Assim, o lugar ficou conhecido. E até hoje é chamado de O Capão do Queijo”.

Os causos e lendas, como se sabe, têm suas origens na tradição e no folclore de muitos povos, como acontecem com muitos que falam de regiões específicas do Rio Grande do Sul... a nossa terra!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para CAUSOS E LENDAS SERRANAS

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época