Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
Homem inconformado com suposta traição mata companheira e vizinho com marteladas
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Homem inconformado com suposta traição mata companheira e vizinho com marteladas

Dois assassinatos brutais foram registrados no bairro Prinstrop, em Gramado. Os crimes foram descobertos a partir da prisão do assassino pela Brigada Militar na tarde deste sábado (26). Após descobrir que estava sendo traído, o acusado matou a companheira, Lidiane Jurema dos Santos Pinto Carvalho, 42 anos, e o suposto amante, José Noelli Fogassa da Silva, 76, que era vizinho do autor, com golpes de martelo.

Os PMs foram acionados no começo da tarde para atender ocorrência de agressão. Na comunicação do fato, populares informaram que um homem estava sendo agredido porque havia matado o vizinho idoso. No local, a BM abordou o homem, de 40 anos, que possui extensa ficha criminal: furtos, roubos, estelionato e posse de entorpecentes. Na abordagem, ele confessou ter matado o idoso e a companheira usando um martelo. O autor confesso foi levado até a Delegacia de Polícia de Gramado.

O delegado Gustavo Barcellos, titular da DP Gramado, assumiu a investigação e compareceu no local com as equipes volante e de investigação. “Havia um suspeito detido pela Brigada Militar, que foi apresentado na delegacia. Buscamos imagens no local e outros meios de prova para confirmar o envolvimento do suspeito no crime, o que foi confirmado”, afirma Barcellos.

O suspeito foi ouvido pelo delegado e revelou ter matado o idoso na sexta-feira (25), por volta das 21 horas, com golpes de martelo. Na mesma conversa, também confessou que matou a companheira, que figurava como desaparecida, na noite de terça-feira (22). “A família havia feito o registro de desaparecimento. Nós estávamos a procurando. Ele confessou que havia a matado e ocultado o cadáver dela no pátio da casa onde estava residindo de favor. O suspeito nos levou ao local, localizamos o corpo e acionamos o Corpo de Bombeiros para a remoção e a perícia do Departamento de Criminalística, que colheu vestígios. Encontrou, inclusive, sangue no colchão onde eles dormiam”, resume Barcellos.

O motivo alegado pelo assassino é que a companheira estava mantendo relações com outros homens. “Ele descobriu há uma semana e vinha arquitetando para matar ambos. Contou que pegou o celular e descobriu pelas mensagens. Segundo o autor, ela estava mantendo relacionamento com o idoso e com outros homens”, afirma.

Além da mulher e do idoso, o acusado revelou que planejava matar, neste final de semana, um segundo homem que mantinha relações com a companheira. “O suspeito é bastante conhecido. Foi preso várias vezes em investigações da Polícia Civil. Estava em regime semiaberto com uso de tornozeleira eletrônica”, informa o delegado.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Homem inconformado com suposta traição mata companheira e vizinho com marteladas

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época