Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
MARMITA SOLIDÁRIA AMENIZA A FOME E AQUECE O CORAÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

MARMITA SOLIDÁRIA AMENIZA A FOME E AQUECE O CORAÇÃO

A pandemia do coronavírus impactou negativamente nossa saúde e economia, mas também fez surgir iniciativas que amenizam mazelas sociais. Em Canela, alguns voluntários estão dando exemplo de dedicação ao próximo e fazendo a diferença na vida de moradores de vários bairros da cidade. Denominado de Amigos Solidários, o grupo formado por quatro casais e uma colaboradora idealizou e colocou em prática o projeto Marmita Solidária. A mobilização beneficente iniciou em 8 de maio com a solicitação de um empresário que tinha a intenção de doar 100 quentinhas, mas não tinha quem as confeccionasse e entregasse para a comunidade carente. De pronto, a proposta foi abraçada pelos Amigos Solidários. Desde então, essa corrente solidária vem sendo fortalecida e consiste em, uma vez por semana, colocar comida na mesa de famílias que necessitam de alimento.
As refeições são produzidas com valores ou insumos doados por terceiros. O preparo da Marmita Solidária é feito com carinho pelos voluntários e inicia um dia antes da montagem e das entregas. Em média, são distribuídas de 200 a 250 unidades por semana. Em cada vianda, vai cerca de 900 gramas de comida temperada com amor: massa, molho, arroz, feijão, legumes, carne ou frango. Ou seja, além de solidária, é uma marmita reforçada. Que ameniza a fome e aquece o coração! “Sabemos que, uma vez por semana, não vai resolver o problema da fome de todos, mas ao menos podemos fazer as pessoas felizes e oferecer uma comida quentinha”, comenta uma voluntária.
Até o momento, 1.342 marmitas foram entregues a população carente. “Enquanto tivermos pessoas nos ajudando, nós seguiremos com as ações”, acrescenta. Pequenas despesas, como combustível para as entregas das marmitas, são custeadas pelos próprios voluntários. “Na primeira ação que fizemos, uma pessoa nos disse que naquela noite ela não teria o que comer. Isso nos deu força para continuar porque o que a gente vê são situações difíceis. Em função disso e das doações que nos são oferecidas, é que a gente tem o comprometimento de continuar com a ação”, resume a voluntária.
A distribuição das marmitas não é aleatória. Líderes comunitários auxiliam na entrega de tickets às famílias, que mais tarde são trocados pelas marmitas. Também foram distribuídas 300 máscaras que foram doadas ao grupo e crianças receberam cookies. Os biscoitos foram doados aos Amigos Voluntários.

MARMITA SOLIDÁRIA AMENIZA A FOME E AQUECE O CORAÇÃO

AMIGOS Solidários dedicam-se duas noites por semana para preparar, montar e entregar as marmitas

CHUVA E FRIO NÃO DIMINUEM A VONTADE DE AJUDAR 

O Jornal Nova Época acompanhou uma das entregas na noite de quarta-feira (10). Estava frio e chovendo, mas as intempéries não são obstáculos para os Amigos Solidários. Os voluntários preferem o anonimato. Aceitaram a realização da matéria como forma de incentivar novas doações ao projeto e fazer com que outras pessoas façam o mesmo. O anonimato, aliás, torna a ação do grupo ainda mais louvável. Afinal, caridade não precisa de publicidade.
Com o mesmo zelo de sempre, 230 moradores do bairro São Lucas e do Loteamento Edgar Haack receberam as refeições. A procura pelo alimento foi intensa. Os beneficiados esperavam com ansiedade a chegada dos voluntários com os carros carregados de marmitas.
“É uma comida gostosa. Se tivesse todos os dias, seria muito bom”, diz a moradora do São Lucas, Lurdes Paula da Rosa, 56 anos. “É uma iniciativa muito boa porque eles conseguem satisfazer pessoas que não tem nem o que dar para comer aos seus filhos. Que Deus abençoe eles”, elogia a presidente do bairro, Andréia Souza Rodrigues, 50 anos.
“Eu agradeço a todos que estão ajudando os mais necessitados. Deus vai recompensar a cada um”, diz Marilei Barbosa de Oliveira Farias, 58 anos, residente no loteamento Edgar Haack.

HISTÓRIAS QUE EMOCIONAM

Nessa investida de solidariedade a quem precisa, os Amigos Solidários vivenciaram muitas situações, umas tristes e outras que inspiram o grupo a seguir fazendo o bem. São histórias que emocionam, provocam reflexões, mas que no final deixam evidente que vale a pena ajudar a quem precisa, seja com uma vianda de comida ou o esforço pessoal para fortalecer ações beneficentes. Apresentamos três dessas narrativas emocionantes:
VENDA DE PINHÃO
“Fiquei sabendo que tem uma senhora que não tem como nos ajudar, mas ela tem araucárias na casa dela. Então, ela começou vender os pinhões para nos ajudar. Todo o valor que ela arrecada com a venda dos pinhões, repassa para nós. Imagina, ela vende pinhão para nos ajudar. É a forma que ela encontrou para ajudar os outros, ajudar quem ela nem conhece”.
REFRI POR COMIDA
“Estávamos no Santa Marta e um menino chegou junto com a sua mãe. Entregamos as marmitas para a mãe, mas nós tínhamos recebidos uma doação de latinhas de refrigerante e estávamos entregando os refris para as crianças. Eu entreguei uma latinha para o menino. Ele foi para a casa, mas voltou e perguntou se ele podia trocar o refrigerante por comida. Ele disse que gostava de refri, mas preferia a comida. Ele não tinha visto que a mãe dele tinha pego as marmitas. Colocamos em um sacola outra marmita e um refri para os seus irmãos. Ele foi embora novamente, mas voltou dizendo que podíamos dar o refri dele para outra pessoa. Falamos para ele que nessa noite ele ia comer uma comida quentinha e tomar um refri. Então, ele saiu animado, mas com uma expressão de que se fosse preciso ele devolveria o refrigerante para não faltar para outras crianças”.
SIMPATIA DA SACOLA
“Na semana passada estávamos no Chacrão. Batemos na casa de uma senhora porque tinha sobrado algumas marmitas. Nessa casa, percebemos que tinha uma sacolinha branca pendurada no portão e perguntamos se era algum tipo de simpatia. Ela disse que sim, que tinha visto na televisão que se uma sacolinha branca fosse deixada do lado de fora da casa, as pessoas iam saber que ali estavam precisando de comida ou outras coisas. Foi quando ela disse que tinha dado certo a simpatia porque nós tínhamos ido até a casa dela. Só que nesse dia ela tinha enterrado o marido e estava arrasada”.
COMO AJUDAR?
Mais informações pelos telefones:
(54) 98133.1088
(54) 99631.5066
(54) 99681.4414

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para MARMITA SOLIDÁRIA AMENIZA A FOME E AQUECE O CORAÇÃO

Já temos 1 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Rosangela Oliveira

Rosangela Oliveira

Parabéns a todos do grupo. É uma grandeza cada ação solidária.
★★★★★DIA 13.06.20 17h27RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época