Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
MAGOS... E OUTROS SERES FANTÁSTICOS
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

MAGOS... E OUTROS SERES FANTÁSTICOS

MAGOS... E OUTROS SERES FANTÁSTICOS

(revisitando criaturas...)


Os Magos, assim como as bruxas, feiticeiras, fadas, etc, sempre despertaram interesse na literatura universal.
Eles, os Magos, conforme nos dão conta a ficção e a História, são geralmente bons e poderosos (já as bruxas, são más e horrorosas!). São consideradas pessoas com poderes mágicos.
No livro Mitos, Lendas e Folclore (Reader’s Digest), temos um exemplo de Magos e Bruxas na ficção:
“Entre os vários exemplos de Magos bons, encontramos :
“Próspero”, o feiticeiro de A Tempestadede William Shakespeare;
“Professor Dumbledore”, em Harry Potter;
“Gandalf”, de O Senhor dos Anéis;
“O Mágico de Oz” que, embora seja um farsante, acaba se revelando uma boa pessoa.

O “Mago principiante”:
“A história do aprendiz de feiticeiro vem de um poema de Goethe em que um mago principiante manda uma vassoura carregar água. Como não sabe como fazer a vassoura parar, a casa fica inundada”.
“Morgana”:
Na lendas Celtas, Morgana é uma bruxa talentosa, meia-irmã e inimiga implacável do rei Artur. Ela rouba a espada Excalibur do rei e a põe nas mãos do cavaleiro Acolon. Também oferece um escudo encantado a Tristram, que o utiliza contra Artur. Morgana, entretanto, também é curandeira. Às vezes chamada de rainha da ilha de Avalon, é supostamente uma das três mulheres que levaram o corpo de Artur para o lugar onde está adormecido até hoje”.
A expressão “caça às bruxas”:
Com o advento do Cristianismo, muitos “conhecimentos” e “mágicas” da época eram considerados profanos (como a bruxaria, por exemplo!) daí, então a “caça às bruxas”, sendo elas perseguidas e condenadas de 1300 a 1800. Porém, vale lembrar, todas as “bruxas” eram velhinhas inofensivas, vítimas infelizes de má-fé e superstição.
Para os nossos lados, temos o “Lobisomem”, donde vem o diálogo:
- “Você acredita em lobisomem?”
- “Não!... Mas não quero que me apareça!!!”.
Histórias que falam dos costumes de terras longínquas e, também aqui do Rio Grande do Sul... a nossa terra!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para MAGOS... E OUTROS SERES FANTÁSTICOS

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época