Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
O Cachoeirão dos Rodrigues
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

O Cachoeirão dos Rodrigues

Um dos mais espetaculares visuais do Cachoeirão dos Rodrigues é a vista que se consegue ter a partir margem esquerda do Rio Silveira o que permite, inclusive, o acesso à sua base. Chegar no poço da cachoeira não é uma tarefa muito simples e rápida, apesar de ser altamente estimulante, uma vez que é necessário atravessar a pé o rio para poder caminhar pelo campo até o local de descida. O desafio é cruzar os rasos do rio andando pelos lajeados e pedras maiores, evitando os locais mais fundos seguindo um trajeto imaginário feito há muito pelos moradores locais. Não há marcação nem balizas e quem se aventura sozinho pode ter o dissabor de cair em um buraco. Mas tudo é festa e aventura quando o rio está baixo, fato comum no verão e outono. Mas após as chuvas fortes de inverno e mesmo de primavera, ninguém consegue cruzar por ali, restando então a opção de visualizar a queda pela margem direita, acesso que igualmente se faz a partir da Pousada Cachoeirão dos Rodrigues.
Para se chegar aos mirantes da margem direita, segue-se por uma trilha curta e com boa sinalização que conduz o visitante com segurança pelo campo e depois por dentro de uma mata de araucárias até a borda do barranco. O trajeto é muito agradável e com muitos sons de aves de mata, visual de muitas árvores com seus galhos repletos de barba-de-pau e líquens vermelho, verdes e cinzas por toda parte, atestando a alta umidade do ar na região. Dos mirantes naturais é possível visualizar a queda apenas de cima, mas com um visual igualmente deslumbrante. Quanto mais cheio o rio, mais linda se torna a cachoeira e este fator é um dos fortes atrativos para o turismo de natureza, que aqui no vale é muito forte juntamente com o já consolidado Turismo Rural.
Nadar no poço que se forma na base da cachoeira é uma aventura refrescante para os adeptos do banho de rio. Local de perigos, de grande profundidade, atrai um tipo de turista que gosta de desafios, tendo inclusive os que se aventuram a chegar embaixo da queda para tomar um banho de ducha. Andorinhas sobrevoam em torno da cachoeira onde, na primavera, fazem seus ninhos nas frestas e grutas do paredão escuro. No caminho para a base é possível ver uma tubulação metálica abandonada, que ora corre pelo campo, ora segue enterrada, e que mostra rastros de uma antiga usina geradora de energia elétrica para uso na propriedade construída em 1980. Ainda há restos da antiga casa onde o gerador funcionava, até ser destruída por um tornado em 2000, segundo me contou o proprietário da Pousada Fazenda Cachoeirão dos Rodrigues, o Sr. Tonico Nackes. No mesmo ano de 2000 veio a energia da rede pública para a região. São marcas de uma época dura e de muitas privações que somente o tutano e a determinação dos pioneiros permitiu que aqui se instalassem e criassem suas famílias e seu gado.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para O Cachoeirão dos Rodrigues

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época