Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
O pior momento da pandemia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

O pior momento da pandemia

O alento pela chegada da vacina ao Brasil em janeiro contrasta com um cenário preocupante da pandemia em fevereiro. Canela registrou 14 mortes em decorrência da Covid-19 entre de 5 e 18 de fevereiro, ou seja, um óbito por dia. Tivemos o surto da doença que vitimou sete idosas do Oásis Santa Ângela. No entanto, além do lar de longa permanência, outros números atestam que vivemos o pior momento da pandemia desde março de 2020.
Ao analisar os boletins da Secretaria de Saúde, observamos um salto no número de casos ativos e de hospitalizações. Em 1° de fevereiro, Canela tinha 59 casos ativos e 13 pessoas hospitalizadas por Covid-19 ou suspeita de Covid-19. Já em 18 de fevereiro, passamos para 201 casos ativos e 31 hospitalizados.
Para efeito de comparação, de 12 de janeiro até 4 de fevereiro, a cidade não registrou óbitos relacionados ao coronavírus. “Sentimos o aumento do número de casos e o aumento significativo de procura por atendimentos. Centralizamos os casos leves na Unidade Central de Saúde para deixar o Hospital de Canela mais livre para os casos graves. Vivemos uma situação bem extrema no que diz respeito ao contágio”, afirma a secretária da Saúde, Patrícia Valle.
Para Patrícia, a descoberta da nova cepa do coronavírus em Gramado causou temor da população local. “Não temos informações sobre a variante P1 em Canela, mas é algo que não temos como controlar. Quando começou a pandemia, ficamos meses sem registrar casos na região. O coronavírus demorou a chegar, mas depois veio com tudo. Talvez, agora tenhamos atingido o ápice da pandemia”, alerta.
Conforme a secretária, a equipe não mede esforços para controlar a situação. “Nossa equipe está cansada, mas continua firme nos atendimentos. Em alguns momentos, é necessário recuar. No entanto, continuamos trabalhando com determinação”, diz.

VACINAÇÃO RECOMEÇA NA PRÓXIMA SEMANA

As últimas doses da vacina foram aplicadas nesta quinta-feira (18) em pessoas com 85 anos ou mais. Uma nova remessa deve ser encaminhada pelo governo estadual na próxima semana. Canela aguarda a nota técnica do Estado para definir qual grupo será priorizado no nove lote.
Conforme Patrícia Valle, é difícil saber quantas doses Canela irá receber, mas a expectativa é que o número seja equivalente ao recebido por cidades vizinhas. “Estamos batalhando por mais doses para alcançar o maior número de pessoas, mas dependemos do Estado”, diz.
O cronograma da vacinação, com data para aplicação das doses e o público-alvo, será divulgado nas redes sociais da Prefeitura de Canela, no site www.canela.rs.gov.br/coronavirus e na imprensa local assim que chegar a nova remessa de vacinas para o município.


SEGUNDA DOSE
Segundo a secretária, os profissionais de saúde que receberam o primeiro lote de CoronaVac receberam a dose completa do imunizante. Já os profissionais e residentes do Oasis Santa Ângela, ainda não receberam a segunda dose por conta do surto que atingiu o lar. Ao todo, 43 pessoas tiveram diagnóstico positivo da doença. “Demos uma segurada na aplicação da segunda dose. Estamos aguardando as determinações do Estado. Se fosse outra vacina, mas como a doença é nova e a vacina é nova, temos que esperar”, explica. sou temor da população local. “Não temos informações sobre a variante P1 em Canela, mas é algo que não temos como controlar. Quando começou a pandemia, ficamos meses sem registrar casos na região. O coronavírus demorou a chegar, mas depois veio com tudo. Talvez, agora tenhamos atingido o ápice da pandemia”, alerta.
Conforme a secretária, a equipe não mede esforços para controlar a situação. “Nossa equipe está cansada, mas continua firme nos atendimentos. Em alguns momentos, é necessário recuar. No entanto, continuamos trabalhando com determinação”, diz.

UNIDADE CENTRAL COM HORÁRIO ESTENDIDO

O pior momento da pandemia

A Secretaria de Saúde adotou uma nova medida para o enfrentamento da pandemia em virtude do crescimento do número de casos ativos de coronavírus em Canela e na região. A Unidade Central de Saúde, localizada na rua Sete de Setembro, nº 340, Centro (quadra abaixo do HCC), está com horário estendido para o atendimento de pacientes com sintomas de síndromes gripais, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Já aos sábados e domingos, a Unidade Central permanece aberta das 10h às 20h.
A medida foi tomada após reunião realizada pelos membros do Centro de Operações de Emergência (COE) de Canela e busca diminuir a procura por atendimentos na Tenda anexa ao Hospital de Caridade de Canela.
A secretária de Saúde, Patrícia Valle, destaca que a Tenda do HCC segue funcionando 24 horas por dia, todos os dias da semana, mas que o local só deve ser procurado pelos pacientes que estão com sintomas graves. “Estamos com uma estrutura completa na Unidade Central para realizar o primeiro atendimento dos pacientes com sintomas de síndromes gripais. A Tenda é exclusivamente para os pacientes com sintomas graves, que necessitam do suporte de equipamentos ou leitos disponibilizados pelo HCC”, afirma.


TENDA ABERTA
Com o horário estendido da Unidade Central, a Tenda do HCC fica como alternativa para aqueles pacientes que tiverem sintomas de síndromes gripais e necessitarem de atendimentos no turno da noite (após as 20 horas) ou durante a madrugada. “A população não ficará sem atendimento, independente do horário ou qual dia da semana”, ressalta o interventor do HCC, Vilmar da Silva Santos.
O Departamento de Vigilância Epidemiológica de Canela lembra que os testes rápidos ou RT-PCR só podem ser coletados no período entre três a oito dias após o paciente sentir os primeiros sintomas. Caso não seja respeitado o período para coleta, pode resultar no chamado falso negativo.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para O pior momento da pandemia

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época