Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
Oásis Santa Ângela busca recursos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Oásis Santa Ângela busca recursos

O Oásis Santa Ângela está buscando auxílio comunitário para implantar um projeto de geração de energia solar fotovoltaica. Com déficit mensal aproximado de R$ 30 mil, as Irmãs Filhas de Santa Maria da Providência, que administram a instituição de longa permanência de idosas, estão criando alternativas para reduzir as despesas e criaram uma campanha de arrecadação de recursos. O custo estimado do projeto varia de R$ 356 mil a R$ 845 mil, conforme o fornecedor e as especificidades do sistema. Os canelenses podem abraçar o lar de idosas e fazer doações para uma conta bancária criada especialmente para a campanha.
Na manhã de quarta-feira (3), a diretora administrativa da instituição, irmã Salete Vieira, a auxiliar contábil Josiane Dias e a voluntária Rita Souza receberam a imprensa para apresentar um balanço financeiro do Oásis Santa Ângela e lançar o projeto de autossuficiência energética.
Conforme Josiane Dias, a sede da instituição, que fica na Itália, tem aportado os recursos para cobrir os prejuízos mensais do lar de idosas situado em Canela. No entanto, é necessário cortar despesas para manter a casa em atividade. Josiane explica que as dificuldades financeiras começaram a ser sentidas a partir de 2015 e foram agravadas após o surto de covid-19 registrado no local em fevereiro de 2021. No episódio, 18 idosas acabaram perdendo a vida.
Além de reduzir as receitas, com menos internas, a casa precisou demitir funcionários, o que gerou despesas trabalhistas para as rescisões contratuais. Atualmente, o Oásis Santa Ângela abriga 52 mulheres e conta com uma equipe multidisciplinar de 48 colaboradores, além de cinco religiosas. O custo estimado para cada moradora é de aproximadamente R$ 4,5 mil. O valor recebido pelas contribuições das assistidas alcança R$ 130.818,50 e as mensalidades variam de acordo com a situação socioeconômica das mulheres e seus familiares. Além de receber valores que não cobrem todas as despesas das assistidas, algumas moradoras possuem gratuidade. “Antigamente, tínhamos capacidade para atender mais idosas de baixa renda, mas hoje não conseguimos em função de todas as exigências necessárias pela legislação. Não temos certificação filantrópica”, explica Josiane.

SOBRE O LAR

O Oásis Santa Ângela foi fundado em 1970 pelas Filhas de Santa Maria da Providência. Recebeu o nome para homenagear sua idealizadora, a Madre Geral Ângela Cettini. A doação do terreno e a construção do Oásis foram frutos de muito trabalho e dedicação das irmãs italianas, mas a administração é feita pelas irmãs brasileiras.
O lar conta com 44 dormitórios (individual, duplo e triplo), totalizando 84 vagas para idosas com idade igual ou superior a 60 anos. São cinco alas. No entanto, após o surto de covid-19, apenas quatro estão sendo ocupadas por 52 mulheres. O local conta, ainda, com cozinha, lavanderia, sala de enfermagem, sala para atendimento médico, farmácia interna, sala de fisioterapia, solário, sala para trabalhos manuais, salão de beleza, salão de festas, capela, sala de costura e biblioteca.

“NÃO QUEREMOS CHEGAR AO PONTO DE FECHAR AS PORTAS”

O esforço das irmãs está concentrado em reduzir despesas para tornar o lar sustentável. Apesar dos aportes enviados pela sede da entidade na Itália, o Oásis Santa Ângela precisa criar mecanismos para reduzir a diferença entre despesas e receitas. O déficit de janeiro até setembro alcança a ordem de R$ 285.802,19. Em busca do equilíbrio financeiro, a administração quer instalar uma usina de geração de energia fotovoltaica no lar. O projeto irá possibilitar a redução da fatura de energia elétrica do instituto a taxas mínimas. Em setembro, o custo com a conta de luz foi de R$ 18.721, 65. “Nosso custo médio com energia elétrica é de R$ 15 mil. Temos que cortar despesas. Não queremos chegar ao ponto de fechar as portas do lar”, diz a irmã Salete.

PARA DOAR
BANRISUL (041)
TIPO DE CONTA:
POUPANÇA
AGÊNCIA: 0555
CONTA: 41.160271.0-9
CHAVE PIX (TELEFONE): 54981412460

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Oásis Santa Ângela busca recursos

Enviando Comentário Fechar :/

PUBLICIDADE Jornal Nova Época