Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
OS FESTEJOS DE SÃO JOÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

OS FESTEJOS DE SÃO JOÃO

OS FESTEJOS DE SÃO JOÃO

(Comemorando...)

Festividade comum a todo o Brasil, as “festas juninas” – Santo Antônio (13.06), São João (24.06), São e São Paulo (29.06) – têm, em cada região, seus elementos próprios, como rezas, cantorias, fogueiras, gastronomia, etc.
Conforme Paixão Côrtes – “Folk, Festo e Tradições Gaúchas” – São João é a mais popular festa do RS, publicado outras vezes neste espaço.
Já Câmara Cascudo, relata assim, o assunto, em...

Capela:
“É este o nome que se dá aos grupos de foliões dos festejos populares sanjoanescos, ornados de ‘capelas de folhagens’, marchando em grupos, em demanda do ‘milagroso banho’ e de volta, em animadoras passeatas. Os seus cânticos obedecem sempre a estes tradicionais versos de estribilho:
‘Capelinha de melão / é de São João,
é de cravo, é de rosa, / de manjericão’.
Os índios acudiam a todos os festejos dos portugueses com muita vontade, escreve Frei Vicente do Salvador em 1624, porque são muito amigos de novidades, como no dia de São João Batista, por causa das fogueiras e ‘capelas’ (Pereira da Costa, Vocabulário Pernambucano, 187).
O nome comum, e mais popularizado no Norte e Sul do Brasil é ‘rancho’, na significação de grupo festivo, com instrumentos musicais. Esses ranchos percorriam as residências amigas, cantando e sendo recepcionados com pequeninas refeições típicas (comidas de milho)”.

Capelinha de Melão:
“Realiza-se no Rio Grande do Norte, não um dsfile cantado no caminho do banho oblacional da noite, ou madrugada, de São João, mas um pequenino auto, bailado entremeado de cânticos, modalidade de pastoril. Em junho de 1956 foi representado em Boqueirão, município de Touros, e resiste noutras paragens.
Um grupo par, de moças vestidas e calçadas de branco, com uma capelinha de flores de melão de São Caetano, ao redor de um diadema ornado de papel crespo, coroando-as artisticamente. Exibem-se em tablado ao ar livre, com orquestra de violão e rabeca, presentemente sanfona, violões e pandeiros.
Vão cantando, meneando o corpo:
Que bandeira é essa / que vamos levando?
É a de São João / que vamos festejando.
Festejamos todas / com muita alegria,
festejar São João, / hoje é o seu dia”.

Os festejos de São João hoje, através da mídia, mostram uma cultura muito enraizada no Norte e Nordeste mas, como sabemos, São João é, ao lado de Santo Antônio, o santo mais festejado aqui no Rio Grande do Sul... a nossa terra!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para OS FESTEJOS DE SÃO JOÃO

Enviando Comentário Fechar :/

PUBLICIDADE Jornal Nova Época