Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
PREFEITURA INVESTIU R$ 7 MILHÕES  A MAIS DO QUE O PREVISTO NA SAÚDE
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

PREFEITURA INVESTIU R$ 7 MILHÕES A MAIS DO QUE O PREVISTO NA SAÚDE

Em entrevista coletiva virtual, que foi realizada na manhã de quarta-feira (20), o prefeito Constantino Oroslin fez uma prestação de contas das ações e investimentos da administração municipal em 2020. Além de exibir a situação financeira da prefeitura como um todo, o prefeito detalhou repasses feitos para as áreas da Saúde e Educação. O orçamento anual não atingiu o programado. Com previsão de arrecadação de R$ 209 milhões, Canela executou R$ 194 milhões. Apesar do déficit geral, a estimativa de repasse de R$ 19,6 milhões para a Saúde foi superada e alcançou R$ 27,1 milhões.
SAÚDE
Com a pandemia de Covid-19, os repasses estaduais e federais foram maiores do que em qualquer outro ano anterior. O custo total do Hospital de Caridade de Canela em 2020 foi de mais de R$ 26 milhões - R$ 13,8 milhões de recursos municipais, R$ 3,5 milhões de repasses estaduais e R$ 9,2 milhões de verbas federais.
Na luta contra o coronavírus, o governo do Estado repassou mais de R$ 105 mil e o governo Federal auxiliou com aproximadamente R$ 6,1 milhões.
O prefeito salienta que as despesas com o vírus foram colossais. “Não seria possível manter as contas do hospital sem a ajuda financeira dos governos Estadual e Federal”, conta.
No Postão, os custos foram superiores a R$ 500 mil. Já a Tenda Covid, foi responsável por atender 10.582 pessoas entre maio e dezembro. Também foram gastos R$ 296 mil com o custo dos aluguéis de estabelecimentos para a saúde, com a Vigilância em Saúde, o SMS, a Farmácia e a Academia.


VOLTA ÀS AULAS
Em 2021, as aulas da rede municipal de Educação acontecerão de forma híbrida para os alunos do ensino fundamental um e dois, com 50% dos alunos por dia dentro da sala de aula. Quando os estudantes não estiverem no estabelecimento de ensino, haverá aula remota.
Para o Ensino Fundamental inicial (alunos de 1° a 5° ano), as aulas devem retornar no dia 1 de março. Já para o Ensino Fundamental final (alunos de 6° a 9° ano), as aulas serão retomadas dia 22 de fevereiro.
As escolinhas de ensino infantil retomarão as atividades no dia 8 de fevereiro com a metade da capacidade das salas de aula preenchidas.
Conforme a secretária de Educação, Janete da Silva Santos, as escolas estão organizadas para o ano letivo de 2021. “Seguiremos os protocolos sanitários. A volta é opcional. Não há cogestão para a educação. O retorno é responsabilidade de cada rede”, afirma.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para PREFEITURA INVESTIU R$ 7 MILHÕES A MAIS DO QUE O PREVISTO NA SAÚDE

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época