Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
RADAR MÓVEL PARA CONSCIENTIZAR SOBRE O LIMITE DE VELOCIDADE
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

RADAR MÓVEL PARA CONSCIENTIZAR SOBRE O LIMITE DE VELOCIDADE

RADAR MÓVEL PARA CONSCIENTIZAR SOBRE O LIMITE DE VELOCIDADE

FISCALIZAÇÃO NAS ESTRADAS

O desrespeito ao limite de velocidade nas rodovias da Região das Hortênsias é a principal causa de infrações constatadas pelo Grupamento da Polícia Rodoviária Estadual, com sede em Gramado. O levantamento da corporação revela que somente na ERS 235, entre Canela e Gramado, foram aplicadas 23.232 autuações por excesso de velocidade com o uso do radar móvel no ano passado. Nos seis primeiros meses de 2022, o equipamento flagrou 12.789 motoristas trafegando acima da velocidade permitida no trecho de sete quilômetros que liga as duas cidades. No percurso, o limite é de 60 Km/h com tolerância de 7km/h. Em outros pontos da estrada, que vai de Nova Petrópolis a São Francisco de Paula, é permitido rodar a 80km/h.
Como em outras rodovias estaduais em que o radar é empregado, todos os trechos da área de cobertura do Grupamento Rodoviário passaram por um estudo de acidentalidade. O equipamento é utilizado como uma ferramenta legal que visa reduzir a velocidade dos condutores para evitar acidentes.
Deste modo, para não ser autuado, o condutor deve respeitar os limites de velocidade de cada via, explica o tenente Cleu Minuzzo, responsável pelo trabalho dos patrulheiros rodoviários na região. A alta velocidade também é um dos fatores que contribuem para acidentes nas estradas, e por isso, o Grupamento Rodoviário passou a intensificar o uso do radar móvel para evitar acidentes e, consequentemente, salvar vidas. “Percebendo que um dos principais fatores que incidem na acidentalidade é o excesso de velocidade, foi intensificado o emprego do radar, aumentando o período de emprego e os locais, sempre levando em conta os trechos que apresentam acidentalidade alta”, diz o tenente.
Em toda a área de atuação da corporação, que totaliza 110 quilômetros extensão, em 2021 foram registrados 129 acidentes de trânsito com danos materiais, 144 com lesões corporais e cinco com morte. “Com o aumento de operações, obtivemos redução considerável no número geral dos acidentes, que muito se deve as ações preventivas da Polícia Rodoviária. Dentre elas, o emprego diário do radar móvel. Sempre frisamos que o radar é empregado de forma visível e ostensiva, com o único objetivo de prevenir acidentes, sobretudo os mais graves que ocorrem com veículos que transitam em alta velocidade”, explica Minuzzo.

RADAR MÓVEL PARA CONSCIENTIZAR SOBRE O LIMITE DE VELOCIDADE


REDUÇÃO DE 20% NOS ACIDENTES COM DANOS MATERIAIS

Os números comprovam que o uso do radar móvel como mecanismo de prevenção influenciou para uma redução dos acidentes de trânsito na malha viária (ERSs 235, 115, 466 e 373) fiscalizada pelo Grupamento Rodoviário. De janeiro até agora, há uma redução de 20% no número de acidentes com danos materiais e de 26,7% no montante de acidentes com lesões corporais. “Em 2022, até o momento, estamos com queda no número de acidentes com danos materiais e com lesões corporais, mas infelizmente, nos acidentes com morte, considerando os seis primeiros meses com o ano de 2021, proporcionalmente registramos uma morte a mais, o que não significa que o trabalho feito não possa ser visto com olhar promissor. Se seguirmos neste ritmo de redução da acidentalidade geral, temos grandes chances de, no segundo semestre, também reduzir os acidentes com morte”, avalia Minuzzo.
O trabalho desenvolvido até aqui pelos patrulheiros rodoviários está voltado para salvar vidas, uma vez que outras imprudências e fatores também aumentam a incidência dos acidentes: a embriaguez ao volante; o uso do celular pelo condutor e, em dias de chuva, neblina e, agora no inverno, o gelo na pista. “Importante destacar que os números gerais demonstram que há uma queda na acidentalidade, o que nos motiva a seguir atuando sempre de maneira incisiva e voltada a salvar vidas”, acrescenta.
Minuzzo recomenda que, por a Região das Hortênsias ser turística, é necessário que os condutores dirijam com atenção, com cuidado especial nas datas e períodos em que o trânsito se intensifica, a exemplo, no início e final do dia, finais de semanas e feriados. “Importante lembrar que deve ser realizada a manutenção básica nos veículos, em especial nos pneus, freios e sinalização. Sempre fazer uso do cinto de segurança”, afirma Minuzzo.

RADAR MÓVEL PARA CONSCIENTIZAR SOBRE O LIMITE DE VELOCIDADE
EM 2021, foram aplicadas 23.232 autuações por excesso de velocidade com o uso do radar móvel
Foto: Divulgação


“USO DO RADAR MÓVEL VISA SALVAR VIDAS”

Conforme o tenente Cleu Minuzzo, o radar móvel é empregado com o objetivo de forçar o condutor a transitar na velocidade da via o que garante risco menor à integridade física dos usuários da rodovia, bem como, dos pedestres, pois, o excesso de velocidade é um potencial causador de vítimas fatais e de ferimentos graves. Em resumo, o emprego do radar visa salvar vidas. “Cabe destacar que o seu emprego sempre é realizado de forma ostensiva, o que possibilita a visibilidade por parte dos condutores. Ainda, é válido enfatizar que nos locais de emprego existe sinalização vertical indicando a velocidade máxima permitida na via, trazendo para nossa área, no trecho entre Gramado e Canela a velocidade máxima permitida é de 60km/h”.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para RADAR MÓVEL PARA CONSCIENTIZAR SOBRE O LIMITE DE VELOCIDADE

Enviando Comentário Fechar :/

PUBLICIDADE Jornal Nova Época