Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
RESGATE HISTÓRICO POSSIBILITA  NOVOS ÂNGULOS DE CANELA
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

RESGATE HISTÓRICO POSSIBILITA NOVOS ÂNGULOS DE CANELA

 

RESGATE HISTÓRICO POSSIBILITA  NOVOS ÂNGULOS DE CANELA

 TORRE de Igreja Matriz está aberta para visitação desde o último sábado (Fotos: Gonzalo Joaquin Nieto)

 

O presente dado por João Bolognesi para Canela na década de 1970 estava em desuso. Aliás, o carrilhão de 12 sinos de bronze não chegou a tocar em conjunto por questões estruturais da torre da Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes. No entanto, o legado da família Bolognesi foi resgatado por uma bisneta de João, Flávia, e por seu marido, Gonzalo Joaquin Nieto.


Com apoio do padre Varnei Hinterholz e do presidente do Conselho Paroquial, Vanderlei Rigotto, o Leco, o casal criou um projeto de revitalização de toda a parte interna da torre da igreja. “Depois que nos conhecemos, eu contei a história do carrilhão de sinos ao Joaquin”, recorda Flávia. “Pedimos as chaves ao padre Varnei e fomos conhecer o espaço. Os sinos possuem uma história incrível e começamos a pensar no projeto de restauro para dar continuidade ao legado deixado pelo bisavô de Flávia”, completa Joaquin.


PATRIMÔNIO OCULTO


Os estudos para revitalizar o espaço iniciaram em dezembro de 2018. Em fevereiro de 2019, o projeto Sinos da Catedral começou a sair do papel. Além de resgatar o legado da família Bolognesi, o projeto preserva a própria história de Canela. Em três andares, Flávia e Joaquin reuniram um acervo de peças que deu origem a um memorial. “Fizemos a restauração completa da parte interna da torre e construímos um memorial para o cônego João Marchesi, que idealizou e executou a construção da igreja. O espaço reúne objetos sacros, vestes, livros e outros objetos do cônego. Nosso objetivo foi o resgate histórico”, diz Flávia.


Conforme os idealizadores, a Igreja Matriz começou a ser construída em pedras em 1953. “Mais de mil homens trabalharam na construção da igreja. Os sinos foram inaugurados em 1972”, conta Flávia.

 

RESGATE HISTÓRICO POSSIBILITA  NOVOS ÂNGULOS DE CANELA

FLÁVIA Bolognesi e Joaquin Nieto criaram projeto Sinos da Catedral (Foto: Halder Ramos)

 

SINOS IRÃO TOCAR DE FORMA SINCRONIZADA

 

RESGATE HISTÓRICO POSSIBILITA  NOVOS ÂNGULOS DE CANELA

CARRILHÃO de sinos passou por revitalização

 

O projeto Sinos da Catedral prevê que o carrilhão funcione de forma sincronizada. Novos mecanismos foram desenvolvidos para que o equipamento trabalhe de maneira simultânea e melódica. Atualmente, o equipamento é ativado durante um minuto ao meio-dia e também toca em três oportunidades antes da cada missa. “Os sinos não tocavam juntos por questões estruturais. São peças pesadas e, quando começavam a balançar, a torre tremia. Mudamos a estrutura e somente o badalo golpeia o sino, que passou a ser fixo”, revela Joaquin.


O idealizador do projeto observa que um engenheiro está desenvolvendo um software para compor a melodia dos sinos. “O engenheiro Diego Coll está fazendo a programação. Os 12 sinos irão tocar de forma harmônica compondo uma melodia”, destaca.


VISITAÇÃO


O espaço está aberto para visitas desde sábado (16) e funciona diariamente. De segunda a sexta, as visitas guiadas ocorrem das 9h às 13h e das 15 às 19h. Já aos sábados e domingos, as visitas podem ser feitas das 9h às 19h. O valor para o passeio pelo interior da torre é de R$ 15. O visitante pode ir até o terceiro andar, que tem 45 metros de altura e abriga o carrilhão de sinos. O local também permite a observação da área central de Canela por três diferentes ângulos. Em breve, o projeto também irá possibilitar a visitação noturna. “Queremos continuar avançando. Além das escadas, queremos instalar um elevador futuramente para que todos tenham acesso”, afirma Flávia.

 

ESPOSA E FILHOS DE JOÃO BOLOGNESI FORAM HOMENAGEADOS

O carrilhão de sinos instalado na Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes foi doado por João Bolognesi. O patriarca da família Bolognesi quis fazer uma homenagem para a esposa, Gilda. “Minha bisavó viajou para a Europa e escutou os concertos de sinos nas igrejas da Itália. Ela morava em frente à Matriz de Canela e queria apreciar a melodia dos sinos perto da sua casa”, conta a bisneta Flávia Bolognesi.


Após a morte da mulher, João decidiu atender o antigo pedido da esposa. O carrilhão foi inaugurado em 7 de setembro de 1972, Dia da Independência do Brasil, o que deu origem ao nome do conjunto de sinos.
Fabricados pela Fundição Giacomo Crespi, em São Paulo, os sinos receberam os nomes de cada um dos filhos de João e Gilda Bolognesi. O conjunto apresenta em alto relevo a vida religiosa de Canela, do Rio Grande do Sul e do Brasil, além de imagens de acontecimentos nacionais.

 

RESGATE HISTÓRICO POSSIBILITA  NOVOS ÂNGULOS DE CANELA

 

DESCRIÇÃO DOS SINOS

1º SINO – É de nota musical “MIBEMOL” e pesa 970 quilos. Na primeira face, apresenta o casal Bolognesi, com os dizeres: “Carrilhão de 12 Sinos, oferecido por João Bolognesi à Igreja Matriz de Canela, em memória de sua saudosa esposa, Gilda Tanello Bolognesi (26/05/1972). Na segunda face, aparece a imagem do Papa Paulo VI. Na terceira face, aparece a do Cardeal Vicente Scherer. A quarta face apresenta o Cônego João Marchesi, pároco na época, idealizador e realizador da Igreja de Canela. Ao redor da orla da boca do sino, podem ser lidos os seguintes dizeres: “Vivos voco, mortos plango, festa decoro, fulgura frango”, que em Latim que quer dizer: “Convoco os vivos, choro os mortos, alegro as festas e afasto os raios”.


2º SINO – Nota musical “FA”, pesa 680 quilos. É dedicado a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil; a São Pedro Apóstolo, padroeiro do Estado do Rio Grande do Sul; a Nossa Senhora Madre de Deus, padroeira da Catedral e a Nossa Senhora de Caravaggio. Leva o nome de Gilda Bolognesi.


3º SINO – Nota musical “SOL”, pesa 485 quilos. Apresenta as Armas da República e do Estado do Rio Grande do sul, o escudo de Canela e o monumento do Ipiranga, comemorando o Sesquicentenário da Independência do Brasil. Leva o nome de Pedro Bolognesi.


4º SINO – “LA BEMOL”, pesa 410 quilos. Apresenta a imagem de Nossa Senhora de Lourdes, padroeira de Canela, e do doador dos sinos, João Bolognesi. Noutra face, está gravado o emblema do Sínodo da Arquidiocese de Porto Alegre. Leva o nome de Lina M. Bolognesi.


5º SINO – “SI BEMOL”, pesa 295 quilos. É homenagem ao presidente Getúlio Dornelles Vargas e apresenta o Monumento do Imigrante Italiano, em Caxias do Sul. É dedicado a Heitor E. Bolognesi.


6º SINO – “DÓ”, pesa 205 quilos. Apresenta a imagem do Papa João XXIII. Leva o nome de Higinio Bolognesi.


7º SINO – “RÉ”, pesa 140 quilos e traz o nome de Maria Lúcia Bolognesi.


8º SINO – “MI BEMOL”, pesa 120 quilos e tem o nome de Antônio L. Bolognesi.


9º SINO – “FA”, pesa 85 quilos e é dedicado ao Dr. Rudi T. Bolognesi.


10º SINO – “SOL”, pesa 60 quilos. Tem o nome de Lourdes Bolognesi.


11º SINO – “LA BEMOL”, pesa 50 quilos e traz o nome de Dr. Nelson A. Bolognesi.


12º SINO – Nota musical “SIBEMOL”, pesa 35 quilos, com o nome de Remí F. Bolognesi.

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para RESGATE HISTÓRICO POSSIBILITA NOVOS ÂNGULOS DE CANELA

Já temos 4 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Jorge C

Jorge C

★★★★★DIA 24.11.19 22h13RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Eroni Melos

Eroni Melos

Boa tarde, voltei ao tempo de criança...Emoção....Conheci toda família, lindas histórias para recordar.
Parabéns há Flávia & Joaquim, resgatarem está linda história
Lembro bem, quando os sinos chegaram em Canela....Como registrar, na época não tinha celular.
Nós que moramos aqui, e tbm os visitantes, semos merecedores de ouvir o sons dos sinos
Eroni
★★★★★DIA 23.11.19 18h15RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Sara Alem

Sara Alem

Qué maravilloso rescate. 50 años esas campanas sin que nadie pueda subir a conocerlas !! Estoy impactada!!
Quiero ir !!
Felicitaciones ????????
★★★★★DIA 23.11.19 11h09RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
carlos vaz

carlos vaz

Canela está em um processo muito importante de revitalização e aprimoramento de serviços e atrações.
Parabéns por mais esta iniciativa
Um abraço
Att
Carlos Eduardo Vaz
★★★★★DIA 22.11.19 10h17RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época