Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
Ser gaúcho é...
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Ser gaúcho é...

Além dos muito conhecidos “guisado” (1), “pila” (2), “chinelo-de-dedo” (3), “kombi” (4), etc, o gaúcho tem muitas outras formas típicas de se expressar. E que, pro causo, trazem uma grande dose de identidade. Por isso, entendemos que:

Ser gaúcho é...
Dar uma boa “gaitada” (5), é “chispar” (6) de um lugar, dar (ou levar) uma “camaçada de pau” (7), andar “atucanado” (8). É não estar “nem aí” (9) e nem andar “se fresqueando” (10).
Ser gaúcho é...
Participar do “bolo vivo” (11) na festa de 15 anos, usar “niqueleira” (12), não “dar pra trás” (13), ser “rabudo” (14) em sorteios e reagir quando levar uma “biaba” (15).
Ser gaúcho é...
Dizer que o fulano é de “veneta” (16) ou “de lua” (17). É usar os termos “gilete” (18), “veado” (19), “dzzz” (20). É achar alguém meio “muquirana” (21) e que com ele tudo é “nas coxas” (22). É aturar um “chá-de-pera” (23), é falar “coió” (24), “bunda-mole” (25)...
É fazer injeção e não “vacina”; é usar seringa em vez de “aparelho” e chamar todo hospital de cidade grande de “santa casa”.

Pequeno glossário para quem não é gaúcho:
(1) – Carne moída. (2) – Dinheiro. (3) – Chinelo havaina. (4) – Perua da Volkswagen. (5) – Risada. (6) – Sair ligeiro, fugir. (7) – Apanhar ou surrar. (8) – Um pouco atrapalhado. (9) – Não estar preocupado. (10) – Querer ser o que não é. (11) – Evento temático comum em festas de debutantes. (12) – Bolsinha porta moedas. (13) – Desistir. (14) – Sortudo. (15) – Agressão. Geralmente, um tapa. (16) – Impulso, muda subitamente. (17) – Humor variado, inconstante. (18) – Corta dos dois lados. (19) – Dispensa detalhes. (20) – Expressão feita com a língua entre os dentes... Significado ignorado. (21) – Mesquinho, sovina. (22) – Fazer algo mal feito. (23) – Companhia. O mesmo que “segurar vela” para um casal de namorado. (24) – Tolo, abobalhado. (25) – Sem coragem.

Em todas as regiões desse Brasil de Deus, há costumes muito próprios, muitas vezes endêmicos, únicos, que identificam uma região.
Sãos os regionalismos, nos identificando como região e povo, estando aí a verdadeira riqueza cultural de um estado ou nação.
Gosto de pensar e dizer que sou um “gaúcho brasileiro” (e não ao contrário!), pois sou brasileiro do Sul para o resto do país. Gaúcho e brasileiro natural deste “garrão” do Brasil, que é o Rio Grande do Sul... a nossa terra!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Ser gaúcho é...

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época