Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO

SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO

A HORA DO ELEITOR


O próximo domingo (2) será um dia decisivo para os rumos do Brasil e também do Rio Grande do Sul. Mais de 150 milhões de eleitores em todo o território nacional irão às urnas para eleger um deputado estadual, um deputado federal, um senador, o governador e o presidente da República. Em Canela, 34.374 mil pessoas com domicílio eleitoral na cidade estão aptos a comparecer às urnas eletrônicas.
Ao todo no município, haverá 97 seções eleitorais distribuídas em 29 locais de votação, sendo 26 na área urbana e três na zona rural “Importante o eleitor verificar onde é o seu local de votação. Essa consulta pode ser feita pelo site do TSE, pelo aplicativo e-Título ou pelo próprio título do eleitor”, orienta o chefe do Cartório Eleitoral de Canela, Guilherme Tiovesan Cavagnoli. Outro canal de apoio para os eleitores tirarem dúvidas será o telefone 148 da Justiça Eleitoral.
Cavagnoli também ressalta que os eleitores que não realizam o cadastramento biométrico poderão votar no formato convencional, apresentando Título de Eleitor ou documento de identificação com foto, podendo ser Carteira de Identidade (RG), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Passaporte, carteira profissional, entre outros. “O eleitor também pode levar uma "colinha" com os seus votos, uma vez que serão muitos votos para confirmar’, sugere Cavagnoli. O horário de votação inicia às 8 horas com término às 17 horas. O eleitor ausente do seu domicílio eleitoral poderá apresentar justificativa preferencialmente pelo e-Título, mas o APP deve ser baixado (usar plataformas Android e iOS) até a meia noite de sábado (1º), porque após estará indisponível.
A principal regra desta eleição, em relação aos pleitos anteriores, é de que o eleitor não poderá entrar com telefone celular na cabine de votação. Também é proibido ingressar no espaço da urna eletrônica com máquina fotográfica, filmadoras e equipamentos de rádiocomunicação ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto, ainda que desligados.
Os aparelhos devem ser entregues ao mesário da seção eleitoral juntamente com o RG do eleitor. Após concluir a votação, o eleitor receberá o telefone celular ou outros equipamentos que ele esteja portando antes de registrar o seu voto, de volta. Caso o eleitor se negue a entregar o telefone, ou outros instrumentos, será impedido de votar e a força policial poderá ser acionada apara a adoção das medidas cabíveis.
Tanto em Canela quanto em Gramado, o pleito será comandado pela titular da 2ª Vara da Comarca de Canela, Simone Chalela. “O maior ato de exercício da democracia é através do voto. Nós, da Justiça Eleitoral, iremos garantir que a vontade do eleitor, manifestada através do voto, seja cumprida e respeitada, através de um processo ágil, seguro e confiável de votação”, comenta a magistrada.
“Estarei fiscalizando pessoalmente o estrito cumprimento da lei, por isso peço aos eleitores de Gramado e Canela que exerçam seu direito/dever ao voto com educação e civilidade. Cada voto faz diferença e pode mudar o futuro do nosso país. Todos nós somos responsáveis pelo destino do Brasil”, adverte Simone.
A segurança ostensiva será reforçada. “A Brigada Militar como um todo estará com todo o efetivo disponível empregado ao longo de todo o domingo, já iniciando na madrugada. Em toda a região, formada por dez municípios, a BM estará atuando. Nos locais com menor efetivo contará com a Força Tática em apoio. O efetivo administrativo também estará apoiando as cidades de Gramado e Canela”, garante a subcomandante do 1º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (1º BPAT), capitã Cláudia Maldaner. Para atuarem no pleito, 465 pessoas foram convocadas pela Justiça Eleitoral para as funções de mesário, presidente de seção e administradores dos pontos de votação.


REGIÃO QUER INVESTIMENTOS EM TURISMO E SAÚDE


O Nova Época consultou algumas lideranças de diferentes setores da região, em especial de Canela para saber quais são as expectativas quanto ao trabalho do próximo governador do Estado e quais são as principais demandas de cada área.
O diretor executivo da Associação de Parques e Atrações da Serra Gaúcha (Apasg) e da Visão Agência de Desenvolvimento da Região das Hortênsias, Rafael Carniel, espera que a próxima gestão estadual invista em inteligência: apoie e implante laboratórios de turismo no RS, desenvolva um Banco de Dados com informações que possibilitem a tomada de decisões em tempo real de empresários e gestores públicos. Desenvolvimento das estruturas viárias e aeroportuárias principalmente quanto à duplicação de vias de acesso para a região. Atenção especial no transporte aéreo de passageiros, ampliando a capacidade do Aeródromo de Canela até a construção em definitivo de um aeroporto regional. Além disso, a expectativa é de que o Estado implante uma estratégia de práticas turísticas real. Entre as demandas que a Apasg aguarda solução, está a solicitação para deferimento da alíquota de ICMS para a importação de equipamentos para parques e resorts. “Tendo em vista que hoje o ICMS dessas importações precisam ser lançados como despesa porque não tem a característica de imposto em cadeia, porque é investimento em um ativo que vai ser usado e não comercializado. Isso precisa ser revisto, porque existem previsões de investimentos milionários para os próximos dois anos aqui na região em máquinas e equipamentos que ampliam a oferta turística, sempre é importante para o setor de entretenimento ter novidades”, comenta Carniel.
Já o interventor administrativo do Hospital de Caridade de Canela (HCC), Leandro Gralha, espera empenho do próximo chefe do Executivo estadual na construção de uma UTI na casa de saúde. “Que também resolva a situação de nossas referências de altas complexidades porque, como pertencemos à 5ª Coordenadoria de saúde em Caxias do Sul, o Hospital Pompeia está fechando as portas para nós no final do ano. Nisso, o governador vai ter que intervir”, cita Gralha.
Considerada uma das principais referências no turismo nacional, a empresária Any Brocker Guimarães Boeira destaca que o principal desafio para a indústria do turismo na região é a mobilidade urbana. “Outro assunto muito importante para o turismo de natureza de Canela e região é limparmos a água do arroio e Cascata do Caracol, nosso principal atrativo natural visto que queremos Canela posicionada como destino de natureza”, frisa.
Para o presidente do Sindtur Serra Gaúcha, Cláudio Souza, o próximo gestor do Rio Grande do Sul deve tratar a Secretaria Estadual de Turismo com sua devida importância e relevância. “Tivemos vários secretários nos últimos quatro anos, que não estavam aptos ao tamanho de um Estado. Esperamos que a Secretaria de Estado do Turismo não seja uma simples moeda de troca com a Assembleia Legislativa e, sim, uma grande fomentadora institucional do nosso Estado e da Serra Gaúcha. Pelo que representamos e por justiça, deveria ser escolhido um secretário (a) da Região das Hortênsias”, opina Souza.
O presidente da Associação Comercial e Industrial de Canela (ACIC), Lucas Dias, acredita que o próximo líder do Estado deva fomentar o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. “A ACIC espera que o próximo governador tenha compromisso com as contas públicas, não aumente impostos e facilite o empreendedorismo e os novos negócios. Somente o desenvolvimento econômico pode trazer ao povo gaúcho a recuperação dos investimentos e a prosperidade”, afirma Dias.


SAIBA O QUE SERÁ PERMITIDO E PROIBIDO NO DOMINGO


- No dia da eleição, o eleitor poderá usar camiseta, bandeiras, broches e adesivos de candidatas ou candidatos, inclusive quando ingressar nos locais de votação, desde que a manifestação da eleitora ou do eleitor seja individual, espontânea e silenciosa.
- A colinha tem que ser feita no papel, pois não poderá entrar com o celular na cabine de votação;
- É proibida, no dia da eleição, a arregimentação de eleitores, a propaganda de boca de urna e a divulgação de qualquer tipo de propaganda de partidos políticos, de suas candidatas ou de seus candidatos.
- Proibida a realização de novas postagens ou o impulsionamento de publicações anteriores.
- Também é proibido espalhar material de campanha no local da votação ou em vias próximas (distribuição de santinhos) na véspera e no dia da eleição, podendo configurar crime.
- Proibido carreata.
- Não pode haver aglomeração de pessoas portando vestuário padronizado ou bandeiras, adesivos e camisetas com propaganda eleitoral.
- É proibido carros adesivados na frente dos locais de votação no dia da eleição, além de não ser permitido estacionar veículos com propaganda eleitoral nas proximidades dos locais de votação.

 

AS PROPOSTAS DOS CANDIDATOS AO PIRATINI PARA A REGIÃO

O Jornal Nova Época solicitou aos cinco candidatos mais bem avaliados em pesquisas eleitorais oficiais registradas na Justiça Eleitoral, quais são as suas principais propostas para o desenvolvimento da Região das Hortênsias.
As informações foram solicitadas para Eduardo Leite (PSDB), Onyx Lorenzoni (PL), Edegar Pretto (PT), Luis Carlos Heinze (Progressistas) e Vieira da Cunha (PDT).

 

SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO
Foto: Rafael Stedile
EDEGAR PRETTO

Vamos potencializar o desenvolvimento regional, incentivando os arranjos produtivos e a diversificada economia gaúcha, os planos estratégicos regionais de desenvolvimento, em parceria com as organizações econômicas, universidades e instituições de ensino e pesquisa e Coredes. E, neste sentido, a Região das Hortênsias possui um importante arranjo produtivo, organizado a partir do turismo, que serve de modelo a outras regiões do Estado e do país. Mas, mesmo este importante arranjo produtivo precisa ser potencializado, não apenas no período de inverno, mas no sentido de utilização da infraestrutura o ano todo.

 

SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO
Foto: Mauricio Tonetto
EDUARDO LEITE
Ampliar o investimento público em infraestrutura turística. Também temos que seguir investindo na melhoria dos acessos à região, inclusive apoiando os municípios para garantir acesso ao novo aeroporto de Caxias do Sul. A concessão do bloco 1 de rodovias à iniciativa privada significará investimentos de R$ 4,4 bilhões, com aportes expressivos para duplicações, como por exemplo o trecho entre Nova Petrópolis e Gramado, de mais de 32 quilômetros. Em paralelo a isso, o governo vem investindo na conservação e manutenção das rodovias. Somente na RS-235 foram mais de R$ 23,5 milhões investidos. O nosso governo também retomou os voos entre Porto Alegre e Canela, o que dá mais possibilidades aos turistas. Também é importante destacar que, por meio do Avançar no Turismo, estamos investindo mais de R$ 7 milhões na Estrada do Caracol e no acesso ao Olivas de Gramado. Daremos continuidade ao programa de parcerias com a iniciativa privada, na linha do que já fizemos, com a concessão do Parque do Caracol, concedido por R$ 150 milhões ao Consórcio Novo Caracol (junto com o Parque Tainhas), garantindo investimentos de R$ 47,6 milhões.

 

 

SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO
Foto: Divulgação
LUIS CARLOS HEINZE
A questão do Aeroporto da Serra Gaúcha, em Vila Oliva, na divisa entre Caxias do Sul e Gramado, é uma prioridade minha, do meu mandato. Desde a articulação política até o encaminhamento do projeto que foi entregue à Prefeitura de Caxias do Sul, tem trabalho do Heinze em todo o processo para que o novo aeroporto da Serra Gaúcha seja realidade. É nosso compromisso fazer o Aeroporto de Vila Oliva tornar-se realidade. Nós entendemos que o novo Aeroporto da Serra vai contemplar, diretamente, os municípios de Caxias do Sul, São Marcos, Canela e Gramado. Sobre a irrigação, é importante dizer isso para a Serra Gaúcha, nós vamos implantar duas políticas para garantir que os produtores rurais, especialmente os pequenos produtores de frutas da Região da Serra, não tenham prejuízos com as estiagens prolongadas. Uma delas é a política de recuperação de nascentes, vertentes e recuperação de matas nos locais onde há vertedouros de água. O outro ponto que é incentivo para a construção de açudes e reservatórios de água nas propriedades rurais de todos os tamanhos.

 

SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO
Foto: Divulgação
ONYX LORENZONI
A Serra Gaúcha é o berço da minha família no Brasil. E tenho um carinho especial por toda essa região, aonde venho com frequência e onde encontro e me reconheço nos amigos, descendentes de imigrantes, que assim como os meus antepassados, vieram para cá acreditando na força do trabalho, na preservação da cultura e de valores importantes para a sociedade.
A Região das Hortênsias é o segundo maior destino turístico do Brasil, tendendo em breve a se tornar líder. Temos várias outras regiões do Estado com enorme potencial turístico ainda pouco desenvolvido. Vamos elaborar um plano estadual de comunicação para a promoção integrada dessas regiões turísticas.
A institucionalização de governanças nas Regiões Turísticas é o caminho para o desenvolvimento do setor, pois favorecerá a discussão integrada de todos os atores envolvidos no turismo: a comunidade, o setor público, a iniciativa privada e o terceiro setor. Vamos promover as rotas turísticas gaúchas no Brasil e no exterior. Governar é fazer escolhas e a minha escolha é governar para as pessoas.

 

SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO
Foto: Divulgação
VIEIRA DA CUNHA
Canela e Gramado são os destinos turísticos de Serra mais importantes do Brasil, por nossas características climáticas próprias, altitude, belezas naturais e formação étnica, aliado à grande empreendedorismo. O Governo do Estado deve chamar as prefeituras envolvidas para construir um projeto Regional de Mobilidade Urbana. É urgente a duplicação da RS 235, no trecho de Gramado e Nova Petrópolis, e o cruzamento das cidades de Canela e Gramado. A duplicação da ERS 115, principal acesso a Gramado e Canela, pode ser atacada em duas etapas, prioridade para Taquara – Sander (Três Coroas), a seguir a duplicação de Sander a Gramado. Estas obras devem ser incluídas nos encargos da Concessionária. Outra situação de infraestrutura urgente é a questão do esgoto cloacal. Os cursos d’água e arroios que cruzam a região estão poluídos. Precisamos de uma atuação verdadeira da Corsan. A questão do esgoto cloacal tem prejudicado os investimentos na região. Precisamos também ter em mente que um percentual expressivo das nascentes do Caí e Sinos estão nestes municípios. Não atacar o problema na origem provoca o comprometimento das águas atingindo até a Região Metropolitana da Capital.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para SEU VOTO É DECISIVO PARA O FUTURO

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época