Jornal Nova Época O Jornal do seu tempo

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
<<< VOLTAR
SEXTA-FEIRA 13 É DIA DE AZAR?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

SEXTA-FEIRA 13 É DIA DE AZAR?

SEXTA-FEIRA 13 É DIA DE AZAR?

(avisando: todo o cuidado é pouco...)

A superstição

Pra início de conversa, vamos à palavra “superstição”: ela vem do latim superstitio, e significa “excesso” ou, também, “o que sobrevive de épocas passadas”.

Conforme o folclorista Câmara Cascudo, muitas são as explicações para o temor ao dia 13, que caia numa sexta-feira. A principal delas, provém de que na Santa Ceia haviam 13 pessoas (Cristo e seus 12 apóstolos), quando houve uma traição e uma morte (Judas). Vindo assim o 13, tornar-se um número fatídico.
Do latim superstitio, a superstição é uma crença que é contrária à razão e alheia à fé religiosa. O supersticioso crê que certos fenômenos têm uma explicação mágica ou mística.

Outra teoria bastante estudada vem da mitologia nórdica. Houve um banquete com pompa e circunstância para o qual 12 deuses foram convidados. Loki, deus do fogo e da trapaça, apareceu sem ser convidado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito entre os deuses. Até hoje, muita gente não se senta à mesa se já há 12 comensais.

Mais histórias

Por norma, as sextas-feiras 13 ocorrem sempre que o primeiro dia do mês é um domingo.

A triscaidecafobia, acredite, é o medo irracional do número 13.

Muitas pessoas evitam viajar em sexta-feira 13; a numeração dos camarotes de teatro omite, por vezes, o 13; em alguns hotéis não há o quarto de número 13 - este é substituído pelo 12-a. Muitos prédios pulam do 12º para o 14º andar temendo que o 13º traga azar. Há pessoas que pensam que participar de um jantar com 13 pessoas traz má sorte porque uma delas morrerá no período de um ano.

Mais uma vez, conforme Câmara Cascudo, o gato é visto nas histórias populares e fábulas como um animal ágil, desenvolto, mas sem escrúpulos ou fidelidade. “Dizem-no o mais resistente dos animais, tendo sete fôlegos, e como cada fôlego é uma vida, o gato tem sete vidas, resistindo à morte. (…) Quem mata um gato tem sete anos de atrasos e infelicidade”.

E completa: “A Igreja Católica divulga as trezenas de Santo Antônio – 13 dias de orações em homenagem ao santo que faleceu a 13 de junho de 1231. Mas os dias 13 são fatídicos, escolhidos para ‘fumaça às esquerdas’ (para o mal) no Catimbó, feitiço maléfico, envultamento, muamba de morte ou doença grave, etc”.

Coisas do Folclore brasileiro e universal, muito de acordo com o que temos aqui no Rio Grande do Sul... a nossa terra!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para SEXTA-FEIRA 13 É DIA DE AZAR?

Enviando Comentário Fechar :/

Últimas Notícias

Matérias de Capa

PUBLICIDADE Jornal Nova Época